sábado, 29 de agosto de 2009

Segunda Edição e Partituras.

É fundamental escrever partitura para a preservação das músicas, assim como um livro, a partitura estimula o pensamento, estimula procurar mais amplamente como deveria ser a interpretação de um determinado compositor. Divulgar a partitura é uma consequência de um trabalho musical, é preciso ter espaços para fazer amostragem e um sistema de facilidade de aquisição de partituras.
Hoje em dia fazer um livro em papel de partitura possui um custo alto e pouco retorno financeiro, mas é possível digitalizar a partitura e deixar que o usuário imprima o que ai ser utilizado, assim o preço cai, pois o mais caro é a impressão em papel. Sendo a partitura digitalizada, vai facilitar para as empresas de xérox a fazerem cópias legalizadas, podendo as mesmas imprimir via internet e pagando no mesmo sistema de compra de créditos de celular. As partituras distribuídas gratuitamente poderiam ser realizadas cópias sem ter o problema de ser ilegal. Considero um crime grave fazer cópias de livros sem autorização e sem pagar por isso, também considero uma falha grave dos Governos deixarem isso acontecer, xérox apenas de partituras legalizadas!
Venha participar da Segunda Edição do Festival de Inverno Marcelo Torca e divulgue trabalhos musicais e as devidas partituras.

Nenhum comentário:

Postar um comentário